Confluência entre si

Apreciar tanto a beleza que vem de dentro quanto a beleza que vem de fora.


Já repararam nessas folhinhas que vão perdendo seu viço e só sobra o esqueleto? Eu admiro a poesia e o ensinamento que contém em cada uma delas.


Conseguem perceber a delicada existência dessa folha e de nós mesmas confluindo entre si?

Sinto e revivo daqui o aconchego e a entrega que foi registrar a Pamela (que também é fotógrafa) nesse ritual fotográfico gostoso, leve e amoroso.


A Pam quis sentir todas as sensações de um ritual fotográfico no corpo, no coração e na alma para poder ofertar a outras mulheres toda sua empatia e amor de volta. E isso enche o meu coração de amor e gratidão. ❤

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo